Vereador revela “super” salário pago a secretária de educação da cidade de Sapé

Nesta última quarta-feira (06), em uma entrevista concedida aos radialistas Evandreson Braz e Rodrigo Souza da rádio Cultura FM de Guarabira, o vereador integrante da bancada de oposição da cidade de Sapé Rubinho Lucena (PSDB), revelou que o governo municipal vem pagando mensalmente o valor de 20 mil reais como salário a secretária de educação.

Segundo Lucena, mesmo o salário garantido em lei sendo no valor de 6 mil reais bruto, está sendo pago mais de 20mil reais a secretária, sendo que é transferido em empenho fazendo uma devolução para a Universidade Federal o montante de 14,396,15 (quatorze mil, trezentos e noventa e seis reais e quinze centavos), onde ultrapassa o salário do prefeito daquele município, “eu não estou questionando a capacidade da secretária, a questão é que o município não tem condições de pagar, se paga o valor de 6 mil reais que é o seu salário e mais 14,396,15, onde o salário do prefeito é apenas 20mil reais, ela consegue ganhar e onerar o município em valor maior que o salário do gestor, por isso falta medicação, seringas, falta luvas mesmo sendo empenhadas no valor de mais de 500 mil reais”, mencionou.

O parlamentar pontuou ainda que os vereadores de oposição estão sendo impedidos de entrar na prefeitura, ” nós vereadores de oposição estamos sendo barrados de entrar na prefeitura, isso nunca tinha acontecido até então na cidade de Sapé, nenhum prefeito proibiu qualquer vereador ou cidadão que tenha votado em lado A ou B de entrar na prefeitura, os vereadores estão sendo impedidos de exercer suas funções não só na prefeitura como em outros órgãos públicos” frisou o vereador.

se aprovássemos 100% de suplementação ainda não dava para os gastos dessa administração

Rubinho Lucena

Rubinho finalizou complementando que como se não bastasse a denúncia do salário da secretária sendo maior que o do prefeito, estão apurando a informação de que tem diversos funcionários de dentro da secretaria de educação que moram em João Pessoa e que se o carro não for pegá-los não vem trabalhar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *