Esportes

Suspeito de agredir ex-namorada, jogador do Brasil é cortado de convocação

O atacante Antony, jogador da Seleção Brasileira e do Manchester United, foi cortado nesta segunda-feira (4) dos jogos do Brasil, nos próximos dias 8 e 12, contra Bolívia e Peru, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. O atleta é suspeito de ameaçar e agredir a ex-namorada Gabriela Cavallin. Gabriel Jesus, do Arsenal, foi o escolhido para substituir Antony na Seleção Brasileira.

A decisão pelo corte do jogador da Seleção Brasileira foi decidida pela cúpula da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e pelo treinador Fernando Diniz. A suspeita de agressão, que já estava nas esferas policiais quando Antony foi convocado, no dia 18 de agosto, ganhou novos capítulos. Foi divulgado hoje mensagens de ameaça do ex-jogador a ex-namorada.

Anteriormente, os materiais coletadas pela polícia estava sob sigilo, mas com a liberação, a CBF informou que o corte foi para “apurar as suspeitas e preservar a imagem da suposta vítima”.

Gabriela Cavallin e Antony iniciaram um relacionamento em 2021. No ano seguinte, ela foi morar com o jogador na Europa. A primeira agressão, de acordo com a suposta vítima, foi em julho de 2022, quando estava grávida — ela teve um aborto com 16 semanas de gravidez. O jogador nega todas as acusações.

MaisPB com ge

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.