Ricardo Coutinho diz que não votará em João Azevedo num eventual segundo turno e que governador ficará sozinho

O pré-candidato a senador Ricardo Coutinho (PT), concedeu uma entrevista na manhã dessa quinta-feira (14) na rádio Cultura FM de Guarabira, essa que foi a primeira de uma série de entrevistas que a emissora está realizando com todos os pré-candidatos da Paraíba ao senado.

No decorrer da entrevista, o petista se diz não ter dúvidas de sua postulação como candidato nessas eleições 2022, “se eu não acreditasse que serei candidato, não acordaria as cinco da manhã e viria aqui para essa rádio, jamais faria 4 ou 5 cidades como tenho feito as visitas tendo diante de mim centenas de pessoas, seria impossível eu não ser candidato com esse esforço, esses comentários não me incomoda, esse é o único argumento que encontraram pra tentar me atingir”, disse.

Coutinho não poupou críticas ao seu ex aliado e atual governador João Azevedo (PSB) e afirmou que não votará em João em nenhum cenário, “o governo não honrou nada, a única coisa que eu quis era respeito ao projeto e as pessoas que construíram esse projeto era só isso, pra mim nunca pedi nada, pode procurar uma entrevista que dei aqui no passado onde falei que João terminará sozinho, porque o cara não pode entrar nesse jogo político achando que vai dar nó em pingo d`água só porque tem o poder da caneta, eu não voto em João Azevedo em nenhuma condição, por uma questão de caráter, por uma questão de política, e traição de um projeto”, afirmou.

foi um bombardeio falso contra minha pessoa, a calvário é uma farsa contra Ricardo Coutinho

Ricardo Coutinho

Por fim Ricardo acrescentou que acredita na vitória de Veneziano e que João Azevedo vai murchar mais ainda, pois o governante do estado não tem gordura política pra queimar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.