Prefeito de Sapé organiza aglomeração e seus auxiliares provocam explosão para tentar barrar reforma da previdência na CMS

Na cidade de Sapé, na zona da mata paraibana, a politica está cada vez mais em evidência, sendo assunto não só na cidade, mas em toda Paraíba.
Durante a manhã de hoje(03), esteve em pauta na câmara de vereadores da cidade, o projeto da reforma da previdência municipal, onde, através de uma emenda construída com os vereadores de oposição, os vereadores da bancada independente e os representantes dos servidores municipais, alterava o projeto enviado pelo Prefeito da Cidade, Sidnei Paiva, e modificava os valores que serão descontados nos salários dos servidores municipais.
Durante a sessão, o clima foi tenso entre os vereadores da base que tentavam boicotar a emenda criada pelos servidores na busca de votar o projeto original, onde o prefeito Sidnei cobra taxas absurdas para os servidores. A emenda ao projeto de lei obteve 8 votos favoráveis e 7 abstenções.
Após acalorados debates durante a votação vitoriosa dos servidores e enquanto a sessão se encaminhava para o seu final, um grupo de servidores contratados e comissionados, que aglomeravam em frente a CMS, juntamente com apoiadores da gestão municipal ligados aos vereadores da base, em um ato covarde e de terrorismo, lançaram uma bomba dentro da galeria da casa, onde estava o público que acompanhava a sessão. Gerando um grandioso tumulto e colocando a vida de diversas pessoas em risco.
Imediatamente, a polícia se fez presente no local e com rapidez e auxílio das câmeras de segurança do prédio, conseguiu identificar os autores da terrível explosão.
Através das imagens, podemos ver um servidor contratado da Secretária de Obras, que após conversa com o secretário de infraestrutura, Nenem da Brasília na lateral da CMS, se dirige à frente da câmara municipal portando um objeto suspeito. Em seguida, um grupo de apoiadores do prefeito Sidnei, formam uma barreira em uma das janelas da CMS e rapidamente se dispersam. Após alguns segundos vemos a explosão no meio do público.
Nas imagens a seguir, vemos também instantes após a explosão, o suposto autor e funcionário contratado, retornando a Secretária de infraestrutura, onde reencontra Nenem da Brasília e em curta conversa, se despede e o próprio secretário se dirige a frente da Câmara Municipal para conferir tamanha atrocidade.
Em fala com a nossa equipe, o vereador presidente Abraão Junior disse “Hoje o que aconteceu foi um verdadeiro terrorismo, e isso não irá ficar impune, está casa merece respeito e os servidores, acima de tudo, merecem respeito.”
Em uma breve fala a vereadora Teresinha do Peixe falou sobre o agitado dia da Câmara de Sapé “O povo venceu, hoje conseguimos aprovar uma reforma em acordo com todos os servidores, e só quem ganha é o povo de Sapé. É lamentável que tenhamos que terminar o dia com um triste episodio que colocou em risco a vida de varias pessoas, política não se faz assim.”
Após análise das câmeras de segurança, a policia rapidamente interceptou os autores e se dirigiu para a delegacia civil da cidade, onde irá apurar todos os fatos. Agora fica a pergunta, seria possível o envolvimento do prefeito Major Sidnei ? Já que se tem um possível envolvimento do secretário Nenem da Brasília e seus auxiliares. Seria esse atentado à ação da caveira maldita que o prefeito publicou essa semana ?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *