Prefeito de Mulungu acusa ex gestora de impedir vinda de recursos do governo do estado e ex prefeita rebate “tente administrar pois esse seu mandato está pior que o primeiro”

O prefeito do município de Mulungu Melquíades Nascimento participou do Jornal da Cultura da rádio Cultura FM nesta segunda feira (17), ao ser questionado sobre o porque da dificuldade em angariar recursos oriundos do governo do estado, o gestor afirmou que devido o deputado Hervázio Bezerra ter sido o mais votado em Mulungu nas últimas eleições e ter sido apoiado pela sua opositora a ex prefeita Darc Bandeira, a ex gestora impõe dificuldades na vinda de qualquer recurso.

O governador tem uma temática de prestigiar quem foi majoritário na cidade, o majoritário em mulungu foi o deputado apoiado por Darc, então as coisas não vem pra Mulungu porque a ex prefeita juntamente com seu esposo e sua equipe não querem que venham, no sentido de que se vier algum convênio, alguma parceria do governo do estado vai estar prestigiando ao prefeito, então eles dificultam”, frisou.

Nascimento ainda pontuou que durante 4 anos do mandato da ex prefeita o governo do estado enviou R$279 mil em carro pipa, já em 5 anos de seu mandato só recebeu R$27 mil, cerca de 10% em relação a outra gestão.

A ex gestora tomou conhecimento da participação do prefeito e também participou do programa radiofônico e rebateu a fala de Melquíades, “o prefeito citou que em meu governo recebi valores em carro pipa, eu recebi sim porque fui atrás, pedi, e o prefeito também recebeu no início de seu mandato, a diferença é que ele não prestou conta dos meses recebidos, falo isso com toda certeza porque quando os carros pipas deixaram de vir pra Mulungu, fui na defesa civil e lá constatei que o gestor não prestou contas dos meses que recebeu, quando não se faz prestação de contas, automaticamente esses convênios são cortados”, colocou.

Darc ainda frisou que tem conseguido junto ao governo do estado inúmeras aquisições para o município mesmo sem ter mandato, “quanto a questão em que o prefeito fala que dificulto a vinda de recursos para o município, eu quero dizer ao senhor prefeito que estou junto com o governo do estado a 10 anos trabalhando juntos, conseguindo obras juntos, poços artesianos, o recapeamento que liga os municípios de Alagoinha, Mulungu e Gurinhém, esse recapeamento com um valor exorbitante onde eu solicitei, também solicitei a água de Leal Lândia, o município acabou de receber uma creche, como é que dificulto as obras? Senhor prefeito trate de administrar o município, esqueça meu nome e do meu marido pois seu segundo mandato está pior que o primeiro”, finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.