GeralNews

Polícia Federal paralisa atividades na Paraíba em protesto contra Governo Lula por melhores salários

A Polícia Federal na Paraíba vai paralisar as atividades, nesta quinta-feira (16), em protesto contra o Governo Lula por melhores salários e reconhecimento da categoria. Conforme apurado pelo ClickPB, a mobilização acontece em todo o país, justamente na data em que é comemorado o Dia do Policial Federal. 

“Nesse dia, a Polícia Federal vai paralisar as atividades, mas não se trata de greve. O prazo para reajuste que o Governo Federal deu foi junho, mas até agora nada de sinalização efetiva. A defasagem salarial ultrapassa 50%, desde o último reajuste, que foi em 2016, ainda no Governo Dilma. A categoria pede reposição entre 26 e 34%, em média”, destacou o representante da categoria na Paraíba, o delegado federal André Matos, ao ClickPB. 

Ainda de acordo com o delegado André Matos, a categoria ficou para trás em relação a outras carreiras de Estado, exigindo assim, a necessidade de reestruturação salarial aos servidores da instituição, além da modernização da estrutura dos recursos, utilizados para manter a segurança dos cidadãos brasileiros.

“A Polícia Federal tem essa retificação salarial, mas ela quer, principalmente, além disso,  reconhecimento no sentido de uma valorização geral, melhores condições de trabalho que está sendo implementado aos poucos, o governo está empossando servidores concursados… Mas, a nossa preocupação maior é que o ano está acabando, o prazo era junho e existe um prazo fatal para essa previsão orçamentária ser efetivamente contemplada. Essa é a razão da nossa preocupação”, concluiu. 

Como visto pelo ClickPB, a categoria também iniciou a mobilização no dia 26 de outubro e reuniu policiais federais de todo o país. O movimento aconteceu em frente às superintendências e delegacias da Polícia Federal, após a falta de respostas às demandas apresentadas ao Governo Federal. Uma reunião com o presidente Lula marcada para o dia 18 de outubro teria sido cancelada. 

Por Janielly Azevedo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.