Policial

PM morre com tiro na cabeça em SP horas após carregar bandeira do Brasil no Dia da Independência

Um policial militar foi morto, na última quinta-feira (7), horas após carregar a bandeira do Brasil durante uma cerimônia religiosa no feriado da Independência. Eduardo Sabatini Junior, de 41 anos, foi atingido na cabeça por um disparo durante uma operação em Itirapina, no interior de São Paulo.

De acordo com a SSPSP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo), o sargento Sabatini e um colega atenderam a um chamado sobre um homem armado e em surto. Ao chegar ao local, os policiais militares foram alvo de disparos.

Um dos tiros atingiu a cabeça do sargento, que chegou a ser levado para uma unidade de saúde na cidade de São Carlos, mas não resistiu ao ferimento.

Após balear Sabatini, o suspeito fugiu, mas foi localizado pelas equipes da Polícia Militar e da Polícia Militar Rodoviária. Em mais uma troca de tiros, o homem foi baleado e morreu no local.

Em nota, a SSPSP informou que Sabatini estava havia 17 anos na Polícia Militar e que havia participado de um evento do 7 de Setembro horas antes de ser morto.

R7

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.