Saúde

Paraíba já registrou quase 7 mil casos prováveis de dengue, Zika e Chikungunya em 2023

A Secretaria de Estado da Saúde, por meio da Gerência Executiva de Vigilância em Saúde, divulgou o Boletim Epidemiológico nº 08 das Arboviroses na Paraíba, no qual observa-se que os casos prováveis de arboviroses em 2023 totalizam 6.943, sendo 82,25% para dengue; 16,47% para chikungunya e 1,29% para zika. As maiores incidências estão nas 14ª (Mamanguape), 5ª (Monteiro) e 4ª (Cuité) Regiões de Saúde.

Leia Também:

Central Estadual de Transplantes registra mais uma doação de multiórgãos em Campina Grande

Até a Semana Epidemiológica nº 30, de 2023, foram notificados 7.716 casos suspeitos de dengue na Paraíba. Destes, 74,32% foram prováveis, 52,07% confirmados e 25,67% descartados. Foram quatro óbitos confirmados para dengue, nos municípios de Sousa (02), Baraúna (01) e João Pessoa (01); 19 casos descartados e 01 está em investigação.

Quanto à Chikungunya, foram notificados 1.626 casos suspeitos. Destes, 69,42% foram prováveis; 55,16% confirmados e 30,75% descartados. Com registro de 01 óbito descartado (Gurinhém), 01 óbito em investigação (Santa Cecília) e 01 óbito confirmado (Campina Grande), para Chikungunya.

Foram notificados 153 casos suspeitos de zika na Paraíba. Destes, 53,59% foram prováveis; 32,67% confirmados e 46,40% descartados. Sem registro de óbito suspeito e/ ou confirmado para zika.

Secom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.