Operação prende empresários, contador e apreende R$ 1,5 milhão no Sertão

A operação ‘Terceiro Mandamento’ prendeu 12 pessoas na manhã desta quinta-feira (7) e apreendeu mais de R$ 1,5 milhão em espécie. A ação foi deflagrada contra uma organização criminosa formada por empresários do Sertão para criação de empresas de fachada com intuito de sonegar impostos.

Entre os presos estão empresários do ramo de cama, mesa e banho (mantas e fios,) contador e despachantes.

Conforme a promotora Renata Carvalho, um alto valor em cheques também foi apreendido, além de veículos de luxo e documentos. Segundo ela, os investigados tinham um vida de luxos.

Além da Paraíba, foram cumpridos mandados de prisão no Rio Grande do Norte de Mato Grosso do Sul. Dois alvos de mandados de prisão não foram localizados por enquanto. No entanto, todos os mandados de busca e apreensão foram cumpridos.

As investigações mostraram que a organização criminosa possuía divisões por função: uma cabeça, formada por empresas que escolhiam fornecedores e distribuidores; um núcleo de falsificações, que falsificava RGs, CPF; além de um núcleo dos contadores, responsável pela abertura de empresas.

“Vamos atrás de recuperar esses impostos que foram sonegados e têm que retornar para a Paraíba”, afirmou o secretário da Fazenda estadual, Marialvo Laureano.

Fonte: MaisPB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *