Motoboys fecham avenida e cobram prisão de suspeito de matar Kelton Marques

Profissionais que trabalham com entrega de produtos através de motocicletas realizaram, nesta terça-feira (21), mais um protesto por causa da morte do motoboy Kelton Marques, que foi atingido por um carro em alta velocidade na Avenida Flávio Ribeiro Coutinho, no Bairro de Manaíra, em João Pessoa.

Os motoboys fecharam a avenida, que é conhecida como ‘Retão de Manaíra’, e cobraram mais ações para prender o suspeito do homicídio, o empresário Ruan Oliveira, que está foragido deste do dia que ocorreu o acidente, na madrugada do dia 11 de setembro.

De Manaíra, os motoboys deverão seguir até a Central de Polícia no bairro do Geisel onde deverão se unir a amigos e parentes de Kelton Marques na manifestação.

“A gente está lutando para que esse assassino seja preso. São dez dias de dor e revolta porque ele ainda esta solto. Ele esta brincando com a sociedade e com a Justiça. Ele precisa ser preso e pagar pelo crime que cometeu”, disse a esposa de Kelton Marques, Tatiane, em entrevista ao programa Hora H, da Rede Mais Rádio.

Amigo de Kelton Marques, Tarcísio também foi a Central de Polícia acompanhar o protestos e afirmou que outras mobilizações ainda serão realizadas. “A gente não vai deixar esquecer e passar em branco”, afirmou.

No dia 13 eles já haviam bloqueado a via para cobrar Justiça pela morte do motoboy.

Fonte: MaisPB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *