GeralNews

Moradores acusam médico do Samu de Sapé de negar ambulância e mulher é socorrida na carroceria de caminhonete

Um vídeo publicado nas redes sociais mostra a população socorrendo uma mulher que havia passado mal e teve ajuda médica negada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Sapé, município da Zona da Mata paraibana.

No vídeo visto pelo ClickPB, um homem afirma que um médico do Samu de Sapé se negou a socorrer a mulher porque ela estava perto do hospital, sem necessidade de envio de uma ambulância.

O ClickPB tentou contato com o prefeito de Sapé, Sidnei Paiva, para questionar sobre o procedimento seguido pelo Samu, mas as ligações e mensagens não foram respondidas até a publicação desta matéria.

A Prefeitura de Sapé enviou nota ao ClickPB sobre o tema:

NOTA

Sobre as falsas informações que vêm sendo disseminadas a respeito de uma suposta negativa de atendimento pelo Samu Sapé, o serviço esclarece que não faz qualquer tipo de liberação de ambulância, uma vez que o responsável pela regulação é a central, localizada em João Pessoa.

Isso significa que as ligações realizadas por moradores de Sapé são atendidas pela equipe da central, na Capital do estado. Os profissionais do município não recebem ligações diretas do público. 

Desse modo, a ambulância só sai da base após a liberação via protocolo da central de João Pessoa. Nesta manhã, a base de Sapé não foi acionada. 

O Samu esclarece ainda que a paciente deu entrada no Hospital Dr Sá Andrade, onde foi devidamente atendida e recebeu alta em seguida. 

O Samu e todos os serviços de saúde municipal estão à inteira e total disposição da população.

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAPE

Fonte: Click PB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.