Lula critica Queiroga, o compara ao Rei Herodes e diz que ministro cria obstáculos para vacinar crianças

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criticou, nesta sexta-feira (24), a postura do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em relação à vacinação de crianças. O chefe da pasta voltou a dizer que não há pressa para imunizar a faixa etária de 5 a 11 anos contra a Covid-19 e que o número de mortes de crianças está “dentro de patamar aceitável”.

Em resposta, o petista chamou a declaração do ministro paraibano de “absurda” e defendeu a Anvisa — alvo de ataques por conta da imunização.

“Às vésperas do Natal, o ministro da Saúde faz uma declaração absurda que parece de Herodes, enquanto cria obstáculos para a vacinação de crianças. O presidente da Anvisa tem razão ao querer proteger a instituição, a ciência e as crianças na pandemia, respeitando o bom senso”, disse o petista no Twitter.

Nesta sexta o presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Carlos Eduardo de Oliveira Lula, divulgou uma carta em que afirma que os estados não vão exigir pedido médico para a vacinação de crianças

Fonte: Portal Paraíba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.