Juscelino do Peixe visita sistema de criação de tilápias, acompanhado da equipe do COOPERAR em Mari.

Nesta terça-feira (05), o Secretário Executivo da Pesca da Paraíba, Juscelino Miguel, conhecido como “Juscelino do Peixe”, esteve visitando o Sítio Tilápia, no município de Mari, para conferir sistema de criação de tilápia que poderá favorecer a produtores da região do semiárido paraibano.
Junto ao secretário Juscelino estavam o presidente do Projeto Cooperar, Omar Gama e sua equipe técnica além da equipe técnica da SEDAP (Secretaria do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca da Paraíba). As vereadoras Terezinha do Peixe (Sapé) e Valeska Magalhães (Mari) também acompanharam a visita.
Na ocasião, foi apresentado um projeto de criação de tilápia em sistema de recirculação de água, desenvolvido no sítio Tilápia (Mari). O produtor Josa demonstrou o uso do sistema cuja eficiência foi presenciada pelo presidente Omar Gama (Cooperar).
Segundo Juscelino do Peixe, a proposta será levada ao Banco Mundial para que a psicultura em sistema de recirculação de água possa se tornar uma linha de prioridade nos próximos projetos de alianças produtivas e, possa receber financiamento, possibilitando um impulso para que a piscicultura se desenvolva na região onde predomina o semiárido.
O diferencial do sistema apresentado é que a tilápia é adensada num volume significativo, resultando numa produção de cerca de 40 quilos de tilápia por metro cúbico de água, contando com o reaproveitamento da água utilizada, reduzindo significativamente seu desperdício, sendo que só há o descarte de água no processo de evaporação onde o sistema separa os dejetos em um filtro e a água retorna para reutilização pelo sistema, gerando considerável economia. 
“Nosso objetivo é difundir e estimular novas tecnologias que estimulem a produção de pescado na região do semiárido, proporcionando o potencial de desenvolvimento que os pescadores e agricultores familiares precisam para aumentarem suas rendas e possibilitar uma melhor qualidade de vida das suas famílias.” – disse o secretário Juscelino do Peixe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *