João Azevêdo classifica como ‘absurda’ mudança no ICMS aprovada na Câmara

O projeto que estabelece um valor fixo para a cobrança de ICMS sobre combustíveis aprovado pelos deputados federais nessa quarta-feira (13) desagradou o governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania). 

Ao repórter de política da Rede Tambaú Comunicação (RTC), Daniel Lustosa, o governador classificou a proposta como ‘absurda’. 

Azevêdo destacou o impacto que a medida poderá trazer para a arrecadação do estado. Segundo estudo da Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais a mudança causará perda R$ 360 milhões aos cofres públicos da Paraíba. O político acrescentou que buscará diálogo no Senado, onde o texto também deverá ser votado.  

O texto foi aprovado por 392 votos contra 71 e 2 abstenções. Houve contradição entre os políticos da Paraíba. Veja como votou cada deputado

Para os autores da proposta, a expectativa é que as mudanças devem levar à redução do preço final praticado ao consumidor de, em média, 8% para a gasolina comum, 7% para o etanol hidratado e 3,7% para o diesel B. 

Fonte: Portal T5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *