GeralPolicial

Incêndio em prédio na África do Sul deixa mais de 70 mortos 

Pelo menos 73 pessoas morreram e dezenas de outras ficaram feridas depois de um incêndio ter destruído um edifício de cinco andares no centro de Joanesburgo, que tinha sido transformado em habitação informal.

As autoridades disseram que percorreram o prédio, andar por andar, em busca de sobreviventes, retirando corpos carbonizados e colocando-os nas ruas. Acredita-se que crianças tenham sido mortas, segundo a mídia local.

Além dos mortos, mais de 50 outras pessoas ficaram feridas, segundo Robert Mulaudzi, porta-voz dos serviços de emergência da cidade.

Vídeos feitos momentos após o início do incêndio mostram enormes chamas alaranjadas engolindo o andar inferior de um edifício e dezenas de pessoas do lado de fora.

Fotos da manhã desta quinta mostraram espectadores aglomerados em torno de áreas queimadas e isoladas, janelas de vidro quebradas e roupas espalhadas pelo prédio.

A causa do incêndio ainda não está clara, mas as autoridades presentes não deram nenhuma indicação de que tenha sido deliberado. O incêndio começou por volta de 1h30 [horário local] quando muitas pessoas dentro do prédio dormiam.

Wiseman Mpepa, que sobreviveu ao incêndio, disse à CNN que acordou com pessoas gritando. Depois de ver o fogo bloqueando a saída do prédio, ele quebrou a janela, mas teve dificuldade para passar.

Mpepa disse que tentou dizer a outras pessoas no prédio para passarem pelo portão para sair do prédio, mas o portão estava fechado.

“Eles fecharam o portão”, disse ele à CNN no local. “Depois disso, eu não tinha nenhum plano. Eu apenas sentei [no quarto].”

Mpepa estava hospedado no prédio com seus familiares, incluindo irmão, irmã e cunhado. Ele disse que não sabe onde eles estão.

“Não tenho nenhum plano, porque perdi tudo”, disse ele. Mpepa disse à CNN que desmaiou devido à fumaça e não se lembrava de como deixou o incêndio com segurança. “A fumaça estava vindo em minha direção, depois disso eu simplesmente caí. A partir daí, não sei de nada.”

Outra testemunha ocular, Kenny Bupe, afirmou que a escada de incêndio estava fechada e muitas pessoas morreram por causa da fumaça. “Tinha muita gente sabe, muita gente, fumaça… gente sufocada, muita gente morreu por causa da fumaça, porque tinha muita pressão no portão, alguns portões estavam fechados”, disse ele. disse à Reuters.

Outro sobrevivente, Omar Foart, do Malawi, disse que tinha perdido a irmã e todos os seus bens no incêndio.

“Primeiro perdi minha irmã. Já perdi três irmãs”, disse ele à Reuters, acrescentando que deixou todas as suas coisas dentro do prédio em chamas enquanto tentava salvar sua vida.

“Minha irmã deixou a filha pequena, e meu sogro bateu na janela e jogou ela para fora e as pessoas [no chão] pegaram”, acrescentou.

CNN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.