Hulk vira artilheiro, mas sai machucado de jogo

O Atlético-MG abriu uma grande vantagem na disputa por uma vaga na final da Copa do Brasil após golear o Fortaleza por 4 a 0, na noite desta quarta-feira (20) no estádio do Mineirão. Com este resultado, o Galo pode até perder por três gols de diferença, na próxima quarta-feira (27) no estádio do Castelão, que chega à grande decisão.

Agora, o departamento médico do Galo foca na mão esquerda de Hulk. O atacante fez gol, virou artilheiro da competição, mas deixou o jogo com o dedo enfaixado e lesão no local. Hulk marcou o terceiro gol do Atlético, na vitória de 4 a 0, ao subir bonito e testar bola alçada por Zaracho. Foi o seu quinto gol, igualando Rossi (Bahia) e Rigoni (São Paulo), ambos já eliminados. Ao todo, são 24 gols em 54 jogos do camisa 7 pelo Galo, em 2021.

A equipe da casa iniciou o confronto em alta rotação, e conseguiu uma vantagem de três gols na etapa inicial. O placar foi aberto aos 18 minutos quando o lateral Guilherme Arana aproveitou sobra de bola para pegar de muito longe e acertar o ângulo do gol defendido por Felipe Alves.

Oito minutos depois Keno cobrou escanteio e Réver acertou de cabeça para ampliar. Gol importante para o zagueiro, que completou 300 jogos defendendo o Galo. O terceiro veio aos 40 minutos, quando Zaracho avançou pela direita e cruzou para Hulk, que, com muita categoria, cabeceou para deixar o dele, assumindo desta forma a artilharia da competição com 5 gols, ao lado de Rigoni, do São Paulo, e Rossi, do Bahia.

O Atlético-MG manteve o ímpeto ofensivo após o intervalo, e logo no primeiro minuto da etapa final marcou o quarto com Zaracho, que aproveitou bola má afastada de Felipe Alves para fechar o placar. Antes do jogo da volta, o Fortaleza recebe o Athletico-PR no Castelão no sábado. Um dia depois o Galo mede forças com o Cuiabá no Mineirão.

Fonte: Agência Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *