Hospitais Universitários na Paraíba recebem R$ 2,2 milhões em crédito suplementar do Governo Federal

O Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW-UFPB) recebeu, esta semana, R$ 1 milhão do governo federal em recurso suplementar. Liberado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), a qual o HULW é vinculado, o montante vai assegurar a aquisição de itens necessários para concluir as ações de 2021, além de garantir iniciativas programadas para o início de 2022.

Na Paraíba, além da quantia destinada ao HULW-UFPB, a Ebserh repassou R$ 1 milhão para o Hospital Universitário Alcides Carneiro e R$ 200 mil para o Hospital Universitário Júlio Bandeira, ambos da Universidade Federal de Campina Grande.

Para o gerente Administrativo do HULW, Fábio Lopes, o crédito suplementar destinado ao Lauro Wanderley chega em um momento muito importante, pois assegura aquisições necessárias até o fim do ano. “Neste momento muito difícil, em que vários órgãos federais tiveram cortes no orçamento, precisamos agradecer ao governo federal, que tem um olhar diferente para a questão da saúde nessa pandemia, destinando recursos extras aos hospitais universitários”.

Segundo o chefe da Divisão Administrativa Financeira (DAF) do Lauro Wanderley, Deivysson Harlem Pereira Correia, a quantia de R$ 1 milhão repassada ao HULW é destinada a custeio. “Esses recursos serão aplicados, principalmente, em aquisição de insumos e medicamentos, de forma a abastecer o nosso hospital para o fim do ano e o início de 2022, para que possamos aguardar a chegada de recursos do novo orçamento de uma forma tranquila”, disse. Ele acrescentou que a verba extra também será utilizada na compra de equipamentos que irão reforçar o parque tecnológico da instituição, a exemplo de um transdutor de ultrassom, bem como uma obra de manutenção dos reservatórios de água.  

Ao todo, mais de R$ 50 milhões em recursos suplementares foram repassados pela estatal a hospitais universitários que integram a Rede Ebserh/MEC. Desse montante, quase R$ 39 milhões foram destinados para o abastecimento de medicamentos, produtos para a saúde e outros insumos médico-hospitalares, com aquisições voltadas para o início de 2022. Além disso, R$ 11,5 milhões foram destinados para obras e aquisição de equipamentos, ainda em 2021.
Fonte: Click PB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *