GeralNews

Gilmar Mendes adia audiência de instrução e julgamento de Ricardo Coutinho na Operação Calvário

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu adiar a audiência de instrução e, com isso, o julgamento do ex-governador Ricardo Coutinho (PT), dentro do processo sobre a Operação Calvário. Conforme apurou o ClickPB, a audiência estava agendada para o próximo dia 21. Ficou determinado, ainda, na decisão, que o trâmite volte para 1ª instância.

“Defiro o pedido da parte e determino o adiamento da audiência de instrução e julgamento, que deverá ser redesignada conforme o prudente arbítrio do juízo de primeiro grau”, diz trecho da decisão.

A audiência seria para tratar sobre o arquivo “Backup Iphone”, onde foi requerido a apresentação de documentos, no prazo de 48 horas, que segundo Gilmar Mendes, já seria providência capaz de assegurar o exercício da ampla defesa.

“No mencionado expediente, informa o STJ que as informações solicitadas pela defesa superam 3 Terabytes de dados eletrônicos. Acrescenta o STJ que orientou o reclamante a fornecer dispositivo de armazenamento com capacidade suficiente para transmissão dos dados pelo Setor Técnico Científico da Polícia Federal”, alega o ministro.

Isso, segundo Gilmar Mendes, é fato suficiente para adiar a audiência.

Click PB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.