Esportes

Empresário ofereceu a atleta do Sousa carro e contrato para jogar no Japão

O presidente Aldeone Abrantes deu mais detalhes sobre o caso de um suposto aliciamento ao jogador do Sousa Esporte Clube, Luiz Henrique. O empresário César Poubel, que foi detido pela Polícia Militar e levado à delegacia da Polícia Civil, ofereceu um contrato com o time japonês caso o atleta não entrasse em campo neste domingo (30), contra a Ferroviária.

Em entrevista ao programa 60 Minutos, da Arapuan FM, Aldeone Abrantes informou que o empresário surgiu nesta manhã de quarta-feira no Marizão. César já tinha sido agenciado Luiz Henrique cinco anos atrás. O atleta alertou aos dirigentes sobre a abordagem.

“Ele chamou Luiz para conversar, Luiz disse que não ia. Ele enviou uma proposta milionária, de um carro e um contrato no Japão, mas disse que queria conversar pessoalmente com o atleta”, relatou o presidente.

“Ele estava muito aflito. Luiz não conversou com ele, mas ele soube que a proposta seria um carro e um contrato no Japão. Luiz é uma pessoa muito humilde, ele chorou contando a situação, porque esse empresário o tratou muito mal quando ele ainda era sub-20. Assim que soubemos acionamos a polícia”, continuou.

MaisPB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.