Em Sapé, sessão é encerrada após protesto de servidores municipais

Durante a manhã de hoje(19), na Câmara Municipal de vereadores de Sapé ocorreu mais uma sessão ordinária onde a pauta principal do dia era o projeto que visa a reforma da previdência municipal, que após uma longa novela, foi colocado para votação novamente na casa.

O projeto enviado pelo prefeito Sidney chega a descontar 14% dos servidores municipais e altera o prazo para a aposentadoria e as classes da categoria, prejudicando diretamente todos os servidores municipais.

Em meio a sessão, vereadores ligados a base do prefeito, ignoraram as solicitações feitas pelo SINDSERVS (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais) e iriam aprovar a reforma solicitada pelo prefeito. Diante disto, os servidores interromperam a sessão, impedindo assim a votação e que fossem prejudicados.

A vereadora Teresinha do Peixe, que acompanha o movimento sindical e vem lutando pelo direito dos servidores, falou que é triste a situação que Sapé se encontra nos dias atuais e que o povo precisa se unir para parar os descasos que vem acontecendo na cidade.

O que aconteceu aqui hoje foi uma vergonha!! Os vereadores estão apenas visando os interesses próprios, e não o be da população e dos servidores. Eu jamais irei abandonar o povo, vamos juntos nesta luta.

Teresinha Do Peixe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.