Geral

Delatores da Odebrecht relatam “bate-cabeça” e avaliam que STF está “implodindo” acordo

A decisão do ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF) de anular as provas fornecidas pela Odebrecht à Justiça foi recebida com enorme preocupação por delatores da empreiteira.

Enquanto advogados do grupo se debruçaram sobre a extensa decisão, ex-executivos da empresa trocavam mensagens e externavam medo sobre os possíveis efeitos.

Vídeo: prisão de Lula foi armação, diz Toffoli

“Ninguém sabe ao certo o que vai acontecer a partir de agora”, diz um ex-integrante da cúpula da companhia.

A avaliação é que o STF está “implodindo” o acordo. Até então, as decisões do ministro Ricardo Lewandowski declaravam as provas da Odebrecht imprestáveis, mas circunscrevem esse entendimento a casos específicos.

Toffoli está ampliando o entendimento e, com isso, aumentando o potencial de problemas para os delatores.

Um dos principais delatores da Odebrecht relatou à CNN que o clima era de “bate-cabeça” assim que a decisão do STF chegou.

CNN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.