ParaíbaPolicial

Curandeiros: Gaeco cumpre mandados contra falsos médicos no Brejo e Sertão

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrou, em conjunto com o Ministério Público da Paraíba (MPPB) na manhã desta terça-feira (13), a Operação Curandeiros II, com o  objetivo é combater o exercício ilegal da Medicina em cidades do interior no estado potiguar e nas cidades de Catolé do Rocha e Guarabira na Paraíba.

Médicos, falsos médicos e uma cooperativa médica são investigados por suspeita de falsidade ideológica e associação criminosa. O MPRN também apura o envolvimento de secretários municipais de Saúde nos crimes.

A ação cumpriu seis mandados de busca e apreensão nas cidades potiguares de Natal, Mossoró, Parnamirim e Ipanguaçu, e ainda em Catolé do Rocha e Guarabira, ambas na Paraíba.

A operação desta terça é desdobramento da Curandeiros, deflagrada em dezembro do ano passado. A Curandeiros II também apura a denúncia de que falsos médicos vinham exercendo de forma ilegal a função de médicos em unidades de saúde em cidades potiguares.

Pelo que já foi apurado pelo MPRN, os investigados, além do exercício ilegal da Medicina, falseavam as informações dos documentos médicos que preenchiam e forneciam aos pacientes, utilizando os carimbos dos médicos legalmente contratados pelos Municípios e falsificando as assinaturas.

Fonte: MaisPB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.