CRM-PB interdita Centro de saúde de Mulungu por falta de médicos

O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), determinou a interdição eticamente dos médicos que atuam no Centro de saúde Eitel Santiago no município de Mulungu, a decisão ocorreu após uma vistoria realizada na última sexta-feira (29), onde foi constatado que a unidade não possui médicos durante o dia de segunda a sexta-feira, apenas com plantões de atendimento a noite e nos finais de semana.

Segundo afirmação do CRM-PB, pacientes que chegam a unidade em estado grave tem que serem encaminhados para outra unidade, “Tivemos que fazer a interdição ética porque uma unidade de saúde não pode funcionar sem médicos. É um problema sério que precisa ser resolvido para que a população seja assistida de forma digna”, afirmou o diretor de fiscalização do CRM-PB, Bruno Leandro de Souza.

Essa não é a primeira vez que a unidade recebe a constatação dessa irregularidade, no ano passado essa mesma vistoria foi realizada e teve o alerta emitido pelo órgão fiscalizador, no entanto nada foi resolvido. A interdição teve início às 7h. Por isso, os médicos que atuam no centro de saúde, ficam impedidos de prestar seus serviços até que as irregularidades sejam resolvidas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *