Crianças se infectam mais com Covid-19 em casa do que na escola, diz pediatra

Em entrevista à CNN, a pediatra Ana Escobar afirmou que a transmissão da Covid-19 para crianças se dá muito mais pelos adultos que moram com elas do que no ambiente escolar. De acordo com a médica, “a escola é um ambiente protetor”.PUBLICIDADE

“Na escola todo mundo está de máscara e lava as mãos”, disse Escobar.

“A escola mantém essas regras, porém os adultos na rua nem sempre.”

De acordo com dados da agência CNN com base nos boletins epidemiológicos do Ministério da Saúde, o número de internações por Covid-19 de crianças e adolescentes até 19 anos no Brasil em 2021 foi de 17.299 – um aumento de 18,2% em relação às 14.638 internações de 2020.

Para a pediatra, essa alta foi proporcional ao aumento de hospitalizações que aconteceu em 2021 como um todo. Ainda assim, ela defendeu a importância da vacinação na faixa etária abaixo de 18 anos para controlar a disseminação do coronavírus.

“Não há razão científica nenhuma para vocês não vacinarem os seus filhos”, disse Escobar aos pais e responsáveis.

“É a única forma de todos estarmos protegidos e essa pandemia diminuir esses índices trágicos.”

Menos de uma semana depois de recomendar a estados e municípios a suspensão da vacinação em adolescentes em setembro, o Ministério da Saúde recuou e voltou a orientar a imunização nesta faixa etária. A única vacina permitida a esse público é a da Pfizer.

Fonte: CNN Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *