Caos na saúde de Sapé: Negligência, falta de médicos e equipamentos

Em menos de 24 horas, foi constatado 02 mortes por falta de atendimento na cidade de Sapé, zona da mata paraibana, onde a cada dia que passa, só aumenta as queixas sobre o atendimento de saúde da cidade e a falta de salários para profissionais da saúde.

Na madrugada de hoje (21), um senhor, ainda não identificado, veio a óbito, por negligência e falta de atendimento médico no hospital Dr. Sá Andrade, onde através de um vídeo divulgado nas redes sociais, gravado pelo próprio filho, onde o senhor estava sofrendo um infarto e não teve nenhum atendimento “Meu pai passando mau, tendo um infarto e nada de médico”.

Por volta do meio dia hoje(21), mais um óbito foi registrado na cidade de Sapé, o senhor Armando, esposo de Sônia proprietária da escola Mom Serrat e empresário conhecido na cidade, também foi mais uma vítima da negligência da Saúde de Sapé. Segundo o relato informado a nossa redação, foi negado o atendimento do SAMU, pois não tinha equipamentos de proteção para a equipe, e também não tinha médico disponível para acompanhar a ocorrência na ambulância. Segundo as pessoas que buscavam o atendimento, eles se deslocaram a unidade do SAMU da cidade, após 1 hora do chamado, e se surpreenderam com os profissionais dizendo que não podiam ir atender pela falta de Kit de proteção. “Não podemos ir, pois só temos 1 kit de proteção e será usado para um paciente em Campina Grande”, alegaram a equipe de plantão, que só chegaram no atendimento após 4 horas para atestar o laudo de óbito.

Não é novidade as denuncias e reclamações sobre a saúde de Sapé durante esta nova gestão, de salários atrasados para alguns dos servidores da saúde, falta de equipamentos em UBS’s e hospital, e descaso no atendimento e serviços de saúde do município. Segundo as informações, esta é a 3ª morte por descaso médico dentro de 20 dias na cidade de Sapé.

A combinação de falta de salários, médicos e equipamentos, transformam o Hospital Dr. Sá Andrade em hospital da morte!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *