Paraíba

Após escândalo em Guarabira, Prefeitura de Patos entra na mira do MP por conta de carro da Saúde flagrado em motel

Um dia após o flagra de um carro da saúde de Guarabira saindo de um motel em João Pessoa, que causou escândalo e indignação à população da Paraíba, o PB Agora teve acesso a um inquérito do Ministério Público do Estado da Paraíba (MPPB) para investigar a utilização indevida de um veículo público, pertencente à Prefeitura de Patos, também referente a uma saída de um motel na cidade.

O inquérito, que recebeu o número 001.2022.089475, foi instaurado no dia 15 de maio de 2023 e tem como objetivo apurar possíveis atos de improbidade administrativa por conta do desvio de conduta na utilização de veículo público.

Os investigados são o secretário de Saúde do município, Leônidas Dias Medeiros; e José João de Albuquerque Chaves Júnior, quem conduziu o veículo.

O vereador João Carlos Patrian Júnior fez a denúncia ao Ministério Público, acompanhada de uma gravação que comprova a saída do veículo em questão do referido motel. O caso teria acontecido no ano de 2022, mas só veio a público este ano.

O Promotor de Justiça Carlos Davi Lopes Correia Lima determinou a abertura do inquérito civil para investigar o caso e adotar as medidas administrativas e/ou judiciais cabíveis. A utilização indevida de recursos públicos é considerada uma violação grave da probidade administrativa.

O motorista do carro, José João de Albuquerque Chaves Júnior foi notificado para se manifestar sobre os fatos imputados a ele no prazo de 15 dias.

Fonte: PB Agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.