Adriano Galdino afirma que há carência de diálogo por parte de João Azevedo e diz que só é favorito para as eleições por limitações da oposição

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba Adriano Galdino (Republicanos), elencou pontos negativos na base do governador João Azevedo nesse período de pré campanha eleitoral. Para Galdino, não se faz política sem políticos e que o governador peca nesse sentido, “Não se faz saúde nem hospital sem médicos, não se faz política sem políticos, o governo quer fazer política sem ter os políticos por perto, pra dar opinião, pra falar e pra ouvir, pra ensinar e aprender e com isso peca”, disse.

Galdino completou dizendo que o grupo perdeu e deixou de ganhar várias lideranças por falta de uma boa articulação, “Nós perdemos Veneziano que é um grande líder, perdemos Efraim, deixamos de ganhar Romero porque faltou uma articulação política mais eficiente, compreensível e sensata, nesse particular a classe política que podia ajudar não foi chamada e isso prejudicou”, completou.

Eu reconheço que existe uma carência no governo João em ter um melhor diálogo com a classe política

Adriano Galdino

O parlamentar disse ainda que atualmente o governador ainda é favorito não por sua articulação mas pela limitação que segundo ele paira nos grupos de oposição e contribui para esse favoritismo, “O governador apesar de todos esses erros ainda é o favorito até porque me perdoe a franqueza mas os candidatos de oposição por suas limitações políticas ajudam o governador João Azevedo”, finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.